• A Prado Papelaria agora é correspondente Bradesco!

Postado por Maurício Gohmes em Bahia, Brasil, Cultura, Itapetinga | 26/jun/2017

IMG-20170625-WA0002A realização do São João de Itapetinga 2017 durou quatro dias e, apesar das chuvas, levou um bom público para o Parque Poliesportivo da Lagoa.

A principal atração deste ano foi a cantora sertaneja Paula Mattos que, apesar de desconhecida, tem emplacado como compositora de grandes nomes do sertanejo feminino, a exemplo de Marília Mendonça e Maiara e Maraísa, com grandes sucessos.

Um dos pontos fortes da festa foi a segurança, quando um aparato policial e detectores de metais garantiram a tranquilidade dos foliões, que temiam pla segurança do evento dadas as ocorrências de criminalidades das últimas semanas.

Poucos artistas locais se apresentaram, não se apresentando nem um terço dos que eram contratados em edições anteriores, mas os que se apresentaram deram conta do recado, à exceção de Suzy, a Top, que apesar de estar no palco com os seus músicos, na noite de sábado, não teve a oportunidade de mostrar o seu talento ao grande público e até o momento nenhuma explicação foi dada pelos organizadores do evento, para tal fato.

A cantora sertaneja, Paula Mattos – principal atração da Festa

Uma das principais queixas do público e dos artistas era a demora na “troca” de bandas, uma vez que este ano apenas um palco foi montado e demorava em torno de uma hora entre uma atração e outra.

No mais, tudo correu bem e nenhum incidente fora registrado.

Parabéns aos organizadores do evento.

Por Maurício Gohmes

 


Postado por Maurício Gohmes em Bahia, Brasil, Politica | 26/jun/2017

O juiz Sérgio Moro determinou o confisco de US$ 10,2 milhões e a interdição do ex-ministro de exercer cargo ou função pública pelo dobro da pena. Cabe recurso. Outras 12 pessoas foram condenadas.

O juiz federal Sérgio Moro – responsável por ações da Lava Jato na primeira instância – condenou o ex-ministro Antonio Palocci (PT) a 12 anos, 2 meses e 20 dias de reclusão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Outros 12 réus também foram condenados. Entre eles, está Marcelo Odebrecht, ex-presidente do Grupo Odebrecht (veja lista completa mais abaixo).

A sentença é desta segunda-feira (26): leia na íntegra. Esta é a primeira condenação de Palocci na Lava Jato. O juiz entendeu que ele negociou propinas com a Odebrecht, que foi beneficiada em contratos com a Petrobras.

Para Moro, trata-se de um caso de “macrocorrupção, envolvendo conta corrente geral de propinas entre o Grupo Odebrecht e agentes do Partido dos Trabalhadores, com cerca de duzentos milhões de reais acertados, cento e trinta e três milhões de reais repassados e um saldo de propina remanescente.”

“O que se tem, portanto, são provas de macrocorrupção, praticada de forma serial pelo condenado, com graves consequências, não só enriquecimento ilícito, mas também afetando a integridade de processos eleitorais bo Brasil e no exterior por sucessivos anos”, escreveu Moro.

Do total negociado, US$ 10,2 milhões foram repassados para os marqueteiros Monica Moura e João Santana, que atuaram em campanhas eleitorais do PT, segundo a decisão judicial. O advogado de Palocci, Alessandro Silverio, disse que o ex-ministro é inocente dos fatos citados na decisão e que a defesa irá recorrer (leia nota abaixo).

Moro proibiu o ex-ministro de exercer cargo ou função pública e de dirigir empresas do setor financeiro, entre outras, pelo dobro do tempo da pena. E decidiu ainda o bloqueio de US$ 10,2 milhões, valor que será corrigido pela inflação e agregado de 0,5% de juros simples ao mês.

Palocci foi preso na 35ª fase da operação, batizada de Omertà e deflagrada em 26 de setembro de 2016. Atualmente, ele está detido no Paraná. De acordo com o juiz, ele deve continuar preso mesmo durante a fase de recurso.


Postado por Maurício Gohmes em Bahia, Brasil, Politica | 26/jun/2017

Em denúncia, Janot vai apontar que 'não há dúvida' de que Temer cometeu crime

Foto: Beto Barata / PR / Fotos Públicas

Na denúncia que a Procuradoria-Geral da República (PGR) deve oferecer contra o presidente Michel Temer (PMDB) nesta segunda-feira (26), o procurador-geral Rodrigo Janot disse que não há “dúvida da autoria de Temer no crime de corrupção”. Segundo informações de O Globo, o titular da PGR declarou também que a permanência do peemedebista na Presidência da República favorece a continuidade do cometimento de crimes. No texto de 93 páginas, Janot ainda defende a manutenção da prisão de Rocha Loures, ex-deputado federal e ex-assessor de Temer. Para o procurador-geral, é óbvia a atuação conjunta do presidente e do “homem da mala”, como Loures ficou conhecido, nos crimes apontados na delação da JBS. “Não é lógico nem razoável inferir que o elevado potencial de reiteração delitiva do agravante [Rocha Loures] estaria neutralizado pelo fato de não mais dispor de seu mandato parlamentar. Michel Temer permanece em pleno exercício de seu mandato como Presidente da República”, declarou Janot no documento. No âmbito da Operação Patmos, Temer foi gravado por Joesley Batista, presidente da JBS. No encontro ocorrido fora da agenda, o presidente afirma que o empresário deve manter sua anunciada boa relação com Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – ex-presidente da Câmara Federal, já preso na Lava Jato. No áudio, é possível ouvir que Temer aprova quando Joesley afirma estar “segurando” dois juízes e indica Rocha Loures para resolver os assuntos do grupo empresarial no governo. Depois disso, o então deputado federal é flagrado ao receber uma mala com R$ 500 mil da JBS. “Não se sustenta, portanto, a versão dada por Michel Temer em seus pronunciamentos públicos segundo a qual indicou Rodrigo Loures para ‘se livrar’ de Joesley, uma vez que as provas demonstram que na verdade a conversa no Palácio do Jaburu foi apenas o ponto de partida para as solicitações e recebimentos de vantagens indevidas que viriam em sequência”, apontou Janot, acrescentando ainda que o presidente assumiu ter indicado Loures para tratar das irregularidades admitidas pelo dono da JBS. Na denúncia, Janot ainda detalha a longa relação de confiança entre o ex-deputado e Temer ao longo dos seus mandatos de vice e agora de presidente da República.


Postado por Maurício Gohmes em Bahia, Brasil, Itapetinga | 22/jun/2017

Você já tem o lugar certo para comprar fogos de artifício com segurança, qualidade e bom preço. Tudo isso você encontra na barraca de Fogos Divino, do amigo Juninho, localizada na Avenida Flamengo, ao lado da Comunidade do Divino Espírito Santo, no Bairro Primavera.

Passe por lá.

CAM00328

 


Postado por Maurício Gohmes em Bahia, Brasil, Itapetinga, Politica | 22/jun/2017

RODRIGO E RENAN3

Através da RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA 005/2017, emitida após o resultado de apurações provenientes do Inquérito Civil Público nº 701.9.112865/2017, o Ministério Público Estadual, na pessoa do Promotor de Justiça o Dr. Jean Carlos Leão, recomenda e estabelece o prazo máximo de 10 dia para que o prefeito municipal demita “todos os ocupantes de cargos comissionados, função de confiança ou função gratificada que detenham relação de parentesco consanguíneo, em linha reta ou colateral, ou por afinidade até o terceiro grau com Sua Excelência (o prefeito), o Vice-Prefeito, secretários municipais, exercentes de cargos de direção, chefia ou assessoramento, inclusive em relação ao legislativo municipal”.

Ressalva a referida Recomendação que o não cumprimento da mesma no prazo pré-estabelecido implicará em abertura de Ação Civil Pública contra o prefeito por IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA.

Segue abaixo trechos a RECOMENDAÇÃO ADMINISTRATIVA 005/2017.

sdfsdfsda Figura1

 

 


Postado por Maurício Gohmes em Bahia, Brasil, Itapetinga, Politica | 21/jun/2017

RODRIGO E RENAN3Após a paralisação e manifestação em frente ao Paço Municipal, a APLB Sindicato reuniu a categoria na tarde de terça-feira para discutir as estratégia da campanha salarial. Nesta reunião estiveram presentes a Direção do Sindicato, uma comissão de professores (três membros), o contador da APLB, o Secretário de educação, Geraldo Trindade, o procurador do Município e prefeito Rodrigo Hagge.

Inicialmente a prefeitura apresentou a proposta de 3% de reajuste, o que deixaria o salário do professor em Itapetinga abaixo do piso nacional – coisa que mesmo com todo desgaste do ex-prefeito JCM, nunca aconteceu na gestão anterior – percentual este que não foi acerto inicialmente pela APLB, que fez a contraproposta de 7,64% de reajuste, sem retroativo, sendo 2,55% em julho, 2,55% em agosto e 2,55% em setembro, o que deixaria os salários dos profissionais em educação acima do piso nacional para a categoria.

O prefeito Rodrigo Hagge não acatou inicialmente a proposta do Sindicato e pediu um prazo até depois do São João, ficando definida a data de 27 de junho, (terça-feira) para a próxima reunião.

Caso não se chegue a um denominador comum, a categoria poderá deflagrar greve nos próximos dias.

Por Maurício Gohmes


Postado por Maurício Gohmes em Bahia, Brasil, Politica | 21/jun/2017

Em depoimento à PF, Funaro cita pagamento de comissões a Temer e Geddel

Foto: Agência Brasil

O corretor de valores Lúcio Bolonha Funaro afirmou em depoimento à Polícia Federal que o presidente Michel Temer fez “orientação/pedido” para que fosse realizadas duas “operações” de crédito junto ao Fundo de Investimentos do FGTS para duas empresas privadas – a BR Vias, da família Constantino, dona da companhia aérea Gol; e a LLX, atual Prumo Logística, que tem Eike Batista como sócio. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, as transações produziram “comissões expressivas, no montante aproximado de R$ 20 milhões”. O doleiro afirma que o montante foi destinado, principalmente, à “campanha para Presidência da República no ano de 2014” e à campanha do ex-deputado federal Gabriel Chalita à prefeitura de São Paulo, em 2012. O depoimento foi prestado no último dia 14 e as declarações foram anexadas aos autos da Operação Patmos. Funaro relatou ainda que ouviu do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) que havia “conhecimento do presidente Michel Temer a respeito da propina sobre o contrato [para construção] das plataformas entre a Petrobras Internacional e o grupo Odebrecht”.  O ex-ministro Geddel Vieira Lima também foi citado na oitiva. O doleiro disse que pagou a ele em espécie um total de R$ 20 milhões por “operações” na Caixa. Os recursos eram oriundos de “comissões” por liberações de crédito a empresas do grupo J&F. Funaro relatou que foi o responsável por apresentar Geddel ao empresário Joesley Batista. À época, o baiano era vice-presidente de pessoa jurídica da Caixa. Segundo Funaro, o grupo J&F, controlador da JBS, tinha interesse em obter linhas de créditos junto à instituição financeira. A primeira operação foi a liberação de operação de crédito para a conta empresarial. “Após essa fez mais empréstimos e outras operações de crédito para a própria J&F e outras empresas do grupo, como Vigor, Eldorado, Flora e Seara”. O corretor afirmou também que trabalhou na arrecadação de fundos das campanhas do PMDB em 2010, 2012 e 2014 – ele estima ter arrecadado cerca de R$ 100 milhões para o PMDB e partidos aliados. Ainda sobre Temer, o doleiro disse que não tinha “relacionamento próximo” com o presidente, mas que esteve com ele em três oportunidades: “na base aérea de São Paulo, junto com o deputado Eduardo Cunha; em um comício para as eleições municipais em Uberaba (MG), em 2012, também com Cunha e [o executivo da JBS] Ricardo Saud; e em uma reunião de apoio à candidatura de Gabriel Chalita à prefeitura”.


Postado por Maurício Gohmes em Bahia, Brasil, Itapetinga, Politica | 20/jun/2017

renan-coelho-aplb-2O impasse entre Prefeitura Municipal e profissionais da educação resultou em uma paralisação na manhã de hoje, 20/06, conforme havíamos divulgado neste Blog, na semana passada.

Centenas de profissionais da educação se reuniram em manifestação em frente ao Paço Municipal, após uma breve caminhada pelo centro da cidade.

O sindicato que representa a categoria pede um reajuste de 4%, para equiparação ao piso nacional. O prefeito diz que só pode conceder no máximo 1,5%, e isso se conseguir demitir no mínimo 200 servidores contratados até o final do semestre.

Com o impasse, a APLB Sindicato se reunirá na tarde de hoje e uma greve pode ser deflagrada a qualquer momento.

O professor Renan Coelho lembra que nem mesmo no tão desgastado governo de José Carlos Moura a dificuldade de negociação foi tamanha e ressalta que na época da campanha eleitoral o então candidato a prefeito Rodrigo Hagge disse em uma emissora, se referindo às negociações entre prefeitura e educação, naquela época, que “é um absurdo o que estão fazendo com os nossos educadores”. Será que mudou de opinião????

Exercer é muito DIFERENTE de prometer!!!

Por Maurício Gohmes


Postado por Maurício Gohmes em Bahia, Brasil, Itapetinga, Politica | 20/jun/2017

Após 9 meses de decisão, TJ aposenta juiz por corrupção com falsa noiva grávida

Foto: Divulgação

Apesar de ter sido proferida em setembro de 2016, somente nesta segunda-feira (19) foi publicada a aposentadoria do juiz Sérgio Luís Rocha Pinheiro Heathrow, por corrupção passiva e abuso de autoridade. Foram nove meses entre a condenação e a publicação da aposentadoria. O juiz foi condenado à pena de aposentadoria compulsória pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) em um processo administrativo, em que foi acusado de solicitar vantagem financeira indevida a uma servidora, com o falso argumento de que sua noiva, na época, estava grávida de cinco meses e estava com problemas de saúde, com risco de perder o bebê. Ele ainda foi acusado por determinar o cancelamento de matrículas de imóveis da cidade de Coribe, no oeste baiano, e por proferir uma decisão liminar em uma ação de usucapião (clique aqui e saiba mais). O decreto ainda é retroativo a 5 dezembro de 2016. Essa é a segunda aposentadoria declarada pelo TJ ao juiz Sérgio Heathrow (clique aqui e saiba mais). Ele receberá proventos proporcionais ao tempo de serviço, estimado em cerca de R$ 7 mil. Sérgio Heathrow foi aprovado no concurso de juiz do TJ-BA em 2004, tendo atuado também na comarca de Camacã, no sul do estado. Com a publicação da aposentadoria, o Ministério Público da Bahia (MP-BA) poderá ingressar com uma outra ação penal contra o magistrado, como proposto pela desembargadora Cynthia Resende, relatora do processo administrativo disciplinar. Sérgio Heathrow já foi condenado em outra ação penal movida pelo MP a três anos e seis meses de prisão, em regime aberto, por peculato. Na época, ele havia se apropriado de forma indevida de duas fianças de R$ 1.085 (recebida em 27 de março de 2010) e R$ 3,4 mil (recebida em 30 de novembro de 2010). Sérgio ainda foi condenado a pagar 62 dias-multa, no valor de 2/3 do salário dele, enquanto juiz, à época dos fatos. Por ter atuado como juiz substituto, no portal da Transparência do TJ consta que Heathrow estava lotado na Assessoria Especial da Presidência I do tribunal. 


Postado por Maurício Gohmes em Bahia, Itapetinga | 19/jun/2017

A Flamboyant Hamburgueria agradou em cheio a sua clientela com um lanche saboroso e um ambiente agradável, além do bom preço e um excelente atendimento! Muita gente já passou por lá. Apareça por lá você, também!

18951210_112364872698105_5642825669885034153_n 18952575_113097325958193_5515256335789609889_n 18952974_113197985948127_1989503346673249596_n 18953074_113369085931017_8187722940112607234_n 19023518_113197989281460_6562150524261816192_o 19024907_113097355958190_4786000951765594580_o 19029309_113097332624859_8736731001052455659_n 19030209_113369075931018_6863839963142106539_n 19054958_113197982614794_3720218035825746117_o 19055538_112364869364772_2690480366178968205_o (1) 19059142_113369115931014_3625293839997493406_n 19059415_113369202597672_1396161043006990361_n 19059669_113097249291534_734294623081171627_n 19060074_113369182597674_1919387147421157949_n 19060120_113097422624850_7268642774883007289_n 19095363_113097239291535_5411333027936017162_o ASDJFSHNDFK bxzdfbz frfgvd gbngh kj sdfdfds SDGFDSGSAD sdsa vdfgdfghdfgfd vxcvzfgvb

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Página 1 de 14612345...102030...Última »


Todos os Direitos Reservados - Desenvolvimento: Marcio Contreras | WhatsApp 7799641685 | www.blogdomarcio.com.br |